Pelo quarto ano seguido, foi realizado na cidade de Pirenópolis/GO, no dia 06 de setembro, o Cross Piri (triathlon cross country).
Nesta edição, o percurso de ciclismo foi alterado, deixando a prova um pouco mais difícil devido a uma longa e técnica subida. O calor e a secura também não decepcionaram, marcaram presença durante toda a prova. A natação foi realizada, como de costume, em uma bela represa próximo a Pirenópolis. De lá, pegamos as bikes e nos embrenhamos pelas belas trilhas e subidas da região. Após 32 quilômetros, deixamos as bikes na 2ª transição, montada no centro histórico de Piri. Saí para correr juntamente com o Bruno Silveira, o qual me passou na maldita subida e depois nos encontramos no fim do trecho de bike.
A corrida começou com uma boa subida ainda dentro da cidade. Com 4 quilômetros, atravessamos o rio das Almas e adentramos no "Brasileirinho", single track à margem do rio. Neste trecho, sentindo-me bem, dei uma esticada e finalizei a prova em primeiro lugar. 

   Afora o fato de ser uma prova de que gosto muito (viciei nos triatlos "off road"), o Cross Piri me dá uma sensação de estar correndo no quintal de casa. Frequento a cidade há muitos anos e, sem dúvida alguma, muitos dos bons resultados que obtive até hoje foram conquistados graças às duras trilhas da região.        

 
Resultados:

1 - Alexandre Manzan              2:09:57

2 - Bruno Augusto da Silveira   2:14:28

3 - Abraão Azevedo                 2:25:56

4 - João Paulo Machado           2:30:05

5 - Frederico Gal                     2:34:04

Agradecimentos:

Traveler.com.br

D´stak academia

Kailash Team Neptunia

Bike Brothers

Lia Viana (nutricionista)

Acesse Também: